Transformação Digital e indústria de impressão: qual a relação?
18/03

Transformação Digital e indústria de impressão: qual a relação?

O mundo tem passado por grandes mudanças no comportamento do consumidor. As demandas estão mudando, e junto com elas a necessidade de investir em tecnologia e tornar os processos muito mais simples e otimizados.

A transformação digital, tema que vem sendo discutido em diversos segmentos do mercado, chegou para tirar as empresas da inércia e colocá-las em contato com uma tecnologia diferenciada, capaz de conectar com o cliente, reduzir e otimizar processos de venda e produção e muito mais.

Porque a transformação digital é tão importante para as empresas?

Houve um tempo em que a transformação digital era uma opção: as empresas que podiam investir em tecnologia de forma experimental, sem a necessidade de fazê-lo para se adequar ao mercado.

Hoje, por outro lado, sem a transformação digital os serviços e produtos ficam obsoletos, perdendo espaço para empresas que conseguiram ter muito mais relevância e alcance em suas estratégias.

Como investir em transformação digital?

As empresas que querem abraçar a tecnologia e se adequar ao mercado precisam criar uma estrutura capaz de comportar todas as demandas desse evolução.

Nesse momento, é hora de analisar se o seu negócio permite que a mobilidade, uso da nuvem, inteligência artificial e big data se enquadrem na estrutura.

Isso é fundamental porque, dentro da transformação digital, os dados obtidos através dessas plataformas serão a base de todo o trabalho.

Junto a isso, também é necessário investir em Segurança da Informação. Aqui, é preciso ter uma estrutura capaz de cuidar dos dados e não permitir que nenhum tipo de invasão ou ameaça dos dados ali armazenados.

Como as empresas de impressão se encaixam na transformação digital?

Possivelmente você pensou na impressão 3D. Essa não é, de fato, uma atuação da transformação digital em empresas de impressão.

As máquinas multifuncionais deixaram de ser, portanto, equipamentos voltados apenas para a impressão de documentos e se tornaram capazes de fazer o processo contrário: transformando tudo aquilo que não nasceu digital.

Antes, a evolução e efetividade dessas ferramentas era medida pela velocidade de impressão. Hoje, elas trazem experiências muito mais intensas para os usuários, com usabilidade intuitiva e inteligente, grandes telas, a possibilidade de digitalização e, principalmente, de conexão com a nuvem, tornando o trabalho mais simples e rápido.

E você, o que falta para investir em transformação digital na sua empresa? Conte pra gente nos comentários.

Gostou do texto?
Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *